Navigation

Animais de grande porte

As dimensões dos corpos dos animais e outras características anatômicas requerem, nesta área, uma gama de produtos muito especiais, às quais a KARL STORZ reage com inúmeros instrumentos desenvolvidos especialmente para o efeito.

Videoendoscópio EquiVeo™

Sistema completo e móvel para a endoscopia das vias respiratórias no cavalo

  • Com o diâmetro reduzido de 6 mm e o comprimento especial de 150 cm, o EquiVeo™ oferece um controle óptico preciso no exame endoscópico de todas as áreas das vias respiratórias superiores no cavalo
  • A deflexão quádrupla e a angulação precisa da haste garantem uma condução confiável do endoscópio
  • Monitor colorido LCD grande, "True Color", de alta resolução, de 5 polegadas com proteção contra impacto
  • Funciona tanto no modo de rede quanto no modo de bateria e, deste modo, é adequado igualmente para a aplicação na clínica e no consultório móvel
  • A possibilidade de armazenamento de fotos (JPEG) e vídeos (ADF) está integrada ao sistema

Videoendoscópios para animais de grande porte

O chip CCD de alta resolução proporciona imagens nítidas a cores com fidelidade

  • Ideal para indicações em animais de grande porte, incluindo gastroscopia, esofagoscopia, traqueoscopia, histeroscopia, uretrocistoscopia, rinoscopia, faringoscopia e laringoscopia
  • O canal de trabalho grande permite a coleta de biópsias grandes para o estabelecimento preciso do diagnóstico
  • Brilho de imagem uniforme, mesmo em condições difíceis de iluminação
  • Custos menores para o consultório veterinário, uma vez que podem ser usados os videoendoscópios com o mesmo processador de câmera e a mesma fonte de luz que os endoscópios rígidos
  • Todos os videoendoscópios para animais de grande porte com o TELE PACK VET X LED são compatíveis para aplicação no consultório móvel

TELE PACK VET X LED

Sistema completo de vídeo para a documentação endoscópica móvel

  • Compatível com todos os endoscópios, incluindo os videoendoscópios, endoscópios rígidos, fibroscópios e exoscópios
  • Reúne todos os componentes necessários da imagiologia endoscópica: Câmera, fonte de luz LED, monitor, bomba de insuflação e arquivamento de imagem
  • Este sistema compacto e portátil é perfeitamente adequado tanto para a aplicação em salas de exame pequenas quanto para transporte e aplicação rápida em várias salas de exame
  • A fonte de luz LED de alta potência com até 30.000 horas de vida útil média garante uma iluminação clara e uniforme
  • O sistema de documentação permite o armazenamento tanto de imagens fixas quanto de sequências de vídeo em pen drive ou em um cartão SD

Artroscopia

A artroscopia tornou-se um método insubstituível na ortopedia de cavalos. Com instrumentos relativamente simples, é possível determinar exatamente o tamanho e a extensão de um traumatismo da articulação, bem como detectar doenças degenerativas das articulações de forma confiável e num estado precoce. É possível tratar pequenos danos na cartilagem, hipertrofias sinoviais e osteocondroses durante a intervenção diagnóstica.

Através da artroscopia é possível reduzir para um mínimo, tanto o trauma operatório, como a duração da operação. Através de um preenchimento de líquido ou gás da articulação é possível curetar grandes superfícies da articulação através de vários acessos.

Para mais informações sobre os instrumentos e aparelhos, consulte o nosso EndoWorld VET N.º 20 e o link “Documentação”.

Laparoscopia, toracoscopia

A laparoscopia desenvolveu-se rapidamente como alternativa popular à cirurgia tradicional no cavalo. No bovino, o método da laparoscopia também começou a ser utilizado recentemente. Contudo, no animal bovino as indicações são ainda limitadas. A principal área de utilização é a reposição do abomaso.

A inspeção laparoscópica do abdômen pode ser efetuada de ambos os lados com o cavalo de pé ou com o animal deitado. Para efetuar a laparoscopia, é necessária a insuflação de CO2 na cavidade abdominal. A laparoscopia é vantajosa para o diagnóstico com retirada de biopsias posterior, em caso de cólicas recorrentes, criptorquidia, castração, hérnias inguinais, ooforectomias, tumores e para a transferência de embriões. A empresa KARL STORZ dispõe de instrumentos especiais para estes métodos de operação no programa. No nosso EndoWorld VET nº 22 pode-se obter uma seleção dos instrumentos básicos.

A toracoscopia no cavalo é efetuada sobretudo com o cavalo de pé em caso de pleuropneumonia. Para o efeito, é possível efetuar biopsias numa sessão em várias zonas e podem soltar-se eventuais adesões existentes. A toracoscopia também pode-se efetuar lateralmente com o cavalo deitado. Outra indicação é o diagnóstico de aumentos de volume no tórax. Como instrumentos para a toracoscopia é utilizado o mesmo equipamento que para a laparoscopia.

Gastroscopia, broncoscopia, histeroscopia

Os endoscópios flexíveis são componentes fixos do equipamento no tratamento de animais de grande porte. Os mesmos servem como meios auxiliares para o diagnóstico diferencial de processos agudos e crônicos das vias respiratórias superiores e de doenças gastroduodenais.

A KARL STORZ definiu novos critérios na qualidade de imagem. A utilização dos mais recentes desenvolvimentos na tecnologia digital, bem como os chips CCD de alta resolução e uma ótica aperfeiçoada, permitem uma nitidez de imagem única na endoscopia.

 

A KARL STORZ disponibiliza videoendoscópios com comprimentos de 1,80 m e 2,50 m para a broncoscopia, bem como comprimentos de 3 m e 3,25 m para a gastroscopia no cavalo.

Além disso, o processador de vídeo da nova geração de videoendoscópios é compatível com todos os sistemas óticos rígidos e flexíveis da empresa KARL STORZ.

Endoscopia das tetas

O conjunto de telorressectoscopia segundo SEEH/HOSPES é um conjunto de instrumentos que pode ser utilizado na endoscopia através do canal da teta e para a endoscopia lateral. Para além da realização do diagnóstico por via endoscópica, é possível efetuar em ambos os procedimentos, na mesma etapa de trabalho e sem a utilização de instrumentos adicionais, a eletrorressecção de neoplasias, por exemplo após lesões fechadas da teta.

Não é necessário o apoio de um assistente cirúrgico graças à possibilidade de operar a unidade de telorressectoscopia só com uma mão. O cirurgião pode alinhar os instrumentos de modo a que o campo cirúrgico permaneça sob controle visual durante todo o período da intervenção. O conjunto de telorressectoscopia combina as vantagens do diagnóstico endoscópico minimamente invasivo com a eletrocirurgia amplamente comprovada.

Transferência de embriões

A KARL STORZ disponibiliza instrumentos para a transferência laparoscópia de embriões de equino e no bovino. Com a ajuda dos instrumentos de transferência de embriões, é possível colocar o embrião no lúmen do corno uterino sob controle ótico.

No cavalo, e como complemento dos instrumentos de laparoscopia, o instrumento é introduzido lateralmente na cavidade abdominal com o animal de pé.

Reposição laparoscópica do abomaso

O número crescente de deslocações do abomaso à esquerda em vacas, enquanto doença de produtividade, torna necessária a utilização de novas tecnologias. A utilização da técnica endoscópica reduz os tempos de tratamento, é mais suave para os pacientes, causando assim menos perdas ao criador. Além disso, a laparoscopia permite um posicionamento correcto do toggle e combina as vantagens da laparotomia (controle da reposição e fixação) com as vantagens da técnica de rolamento e da fixação percutânea (rápida e minimamente invasiva).

O laparoscópio é posicionado no flanco esquerdo com o animal de pé. Isto permite ter uma visão livre do abomaso deslocado. O trocarte de colocação do toggle é inserido até ao abomaso sob controle endoscópico. O toggle é fixado no abomaso através deste trocarte. A intervenção pode ser concluída em decúbito dorsal com o trocarte posicionado a nível caudo-lateral ou o instrumento de colocação do toggle é utilizado na posição de pé. O laparoscópio é colocado na posição caudo-lateral em relação ao esterno e, por meio de um segundo trocarte, em posição caudal em relação ao primeiro, o fio do toggle é agarrado por meio de uma pinça de apreensão e depois fixado nesse local. Após 3-4 semanas é possível cortar o fio.

O conjunto para abomaso da KARL STORZ reúne uma excelente qualidade ótica com instrumentos e um toggle de elevada qualidade. O toggle possui 2 orifícios para o fio que estão especialmente arredondados para evitar uma ruptura precoce do fio no abomaso.

VITOM® 25

Exoscópios para a cirurgia

O exoscópio VITOM® 25 oferece um novo método revolucionário de apresentação em intervenções cirúrgicas abertas, nos aspectos de ergonomia e qualidade. Ao contrário de um endoscópio convencional, o VITOM® 25 é um "exoscópio" que é posicionado a uma distância de 25 a 75 cm do campo cirúrgico através de um braço de suporte, o que garante ao cirurgião um amplo espaço livre na área de trabalho.

A imagem ampliada do VITOM® 25 é apresentada em um monitor de vídeo. Isto permite ao cirurgião e aos assistentes uma colaboração confortável, uma significativa redução das manifestações de fadiga e a ampliação das estruturas anatômicas permite uma melhor precisão e exatidão cirúrgica do diagnóstico.

Este sistema é ideal para o ensino, uma vez que permite uma visualização ampliada da operação, que também pode ser transmitida a locais remotos, sem influenciar a intervenção.

A possibilidade de levantamento e arquivamento de imagens e vídeos de procedimentos cirúrgicos assegura que pode ser realizada uma gravação detalhada e precisa do diagnóstico e do tratamento, além de ser uma valiosa ferramenta para a formação básica e complementar, para a nova análise posterior e para o intercâmbio de informações entre pacientes e colegas.

O VITOM® 25 funciona com todos os sistemas de vídeo KARL STORZ existentes.