Navigation

Stage

Destaques

Ginecologia

Garanta resultados seguros: Diagnóstico e tratamento fora da sala de cirurgia

Soluções para a histeroscopia no consultório

Uma histeroscopia permite diagnosticar claramente anomalias na cavidade uterina e frequentemente é possível tratá-las imediatamente com instrumentos de 5 Fr. Graças a histeroscópios de lúmen fino é possível realizar esta intervenção fora da sala de cirurgia, sem anestesia ou dilatação do cérvix uterino. Além disso, uma histeroscopia realizada antes de um tratamento de fertilização in vitro permite identificar problemas que possam dificultar ou impedir a implantação.

  • O TROPHYSCOPE® seg. CAMPO permite um acesso primário à cavidade uterina sob observação, com um diâmetro somente de 2,9 mm
  • O fluxo de lavagem do ENDOMAT® SELECT permite uma melhor observação, devido à manutenção contínua da pressão intrauterina
  • Expansão das capacidades da sala de cirurgia mediante a relocação do diagnóstico e de pequenas intervenções histeroscópicas para a ambulância clínica

Shaver intrauterino BIGATTI (IBS®) em conjunto com HYSTEROMAT E.A.S.I.®

O Shaver intrauterino BIGATTI (IBS®) é inserido no cérvix pouco dilatado com um sistema ótico com apenas 6 mm de diâmetro externo. Com a Shaver Blade com uma espessura de 4 mm, é possível remover patologias intrauterinas, agora também rapidamente fora da sala de cirurgia, p. ex., no consultório, ambulância clínica ou igualmente em centros FIV.

  • Remoção mecânica de tecidos intrauterinos como pólipos, miomas ou restos de placenta
  • Observação sempre límpida graças à aspiração imediata das resseções através do HYSTEROMAT E.A.S.I.®
  • Sistema completamente reutilizável
  • Curva de aprendizagem rápida, risco mínimo de complicações – uma vez que não há corrente de alta frequência
  • O HYSTEROMAT E.A.S.I.® pode, além disso, ser utilizado para todas as intervenções histeroscópicas e laparoscópicas

Ressectoscópios bipolares

Corte, coagulação e vaporização em soluções fisiológicas de sal de cozinha

Através da operação em soro fisiológico, o risco de uma síndrome de RTU pode ser significativamente diminuído. A KARL STORZ dispõe de ressectoscópios bipolares com 22 e 26 Fr. de diâmetro. Graças ao diâmetro reduzido, nossos ressectoscópios são especialmente adequados para pacientes com infertilidade uma vez que o canal cervical precisa ser dilatado somente até Hegar número 7,5. Juntamente com o gerador de alta frequência AUTOCON® III 400, são alcançadas uma ressecção, coagulação e vaporização efetivas.

Características especiais:

  • Sistema genuinamente bipolar, sem retorno da corrente elétrica através da camisa
  • Pouca influência sobre o tecido
  • Corte preciso e secção sem retardamento
  • Alças autolimpantes graças à formação de plasma
  • Disponível em 22 e 26 Fr.

VITOM®

Visualização, ampliação e documentação extracorporal

No caso da ótica VITOM®, se trata de um sistema ótico que, ao contrário de um endoscópio, não é inserido no corpo mas sim colocado a uma distância de 25-75 cm do campo de operação. O sistema VITOM® pode visualizar e documentar resultados coloscópicos. Além disso, o sistema VITOM® aumenta o campo de operação e apresenta os limites epiteliais de forma excelente, mesmo em caso de conização, p. ex., através da excisão de laço.

  • Imagem facilmente ampliada em colposcopia e conização
  • Sistema VITOM® com filtro verde integrado
  • Ideal para a formação, documentação ou transmissão de intervenções
  • Juntamente com um sistema de vídeo FULL-HD endoscópico (p. ex., IMAGE1 S), o sistema VITOM® fornece uma imagem de elevada resolução

 

Visualização do sistema linfático com ICG na cirurgia de tumores*

Com o sistema infravermelho próximo (NIR/ICG) da KARL STORZ e o marcador indocianina verde (ICG), é possível, por vias laparoscópicas p.ex., visualizar todo o sistema linfático e o tumor em tempo real de forma não radioativa.

O sistema oferece as seguintes vantagens:

  • Método de detecção não radioativa de gânglios linfáticos
  • Utilizável de forma multidisciplinar
  • Tecnologia baseada em xênon (nenhuma medida de proteção contra radiação laser é necessária)
  • Mudança intuitiva entre luz branca padrão e modo de fluorescência por meio do interruptor de pedal
  • Os médicos descrevem as seguintes experiências cirúrgicas: com o sistema NIR/ICG, é possível uma redução da radicalidade da linfadenectomia e uma ressecção simultaneamente facilitada "en bloc" de gânglios linfáticos por meio do controle visual.


*O (S)LN por meio da administração intradérmica de indocianina verde já é permitida na Itália (câncer de mama), no Japão e na Rússia. Informe-se previamente sobre a possibilidade de uma utilização "off label" do ICG em seu hospital/país.

Visualização laparoscópica do sistema linfático na ginecologia com o sistema NIR/ICG

Na ginecologia, a ocorrência de tumor do gânglio linfático sentinela (SLN) é extremamente importante, uma vez que isto fornece informações médicas referentes ao estágio do tumor e, deste modo, é válido como fator de prognóstico importante. Na cirurgia mamária, a detecção do SLN por meio do Tracer 99mTc radioativo é o padrão de ouro. Em outras áreas da cirurgia de tumores ginecológicos, o seu uso em relação à dissecção dos gânglios linfáticos é objeto de discussão. Aqui, a imagiologia NIR com ICG, como nova técnica de imagiologia não radioativa, pode dar um apoio valioso.1 Para o SLN no carcinoma do endométrio, até agora foram obtidos os seguintes resultados (Tracer 99mTc radioativo vs. ICG):

 

Tracer 99mTc radioativo

ICG

Taxa de detecção total de SLN

SLN bilateral

Taxa de detecção total de SLN

SLN bilateral

Estudo 12

 83 %  61 %  95,5 %  95,5 %

1 Papadia et al., brochura Silver, Mapeamento do gânglio linfático sentinela com imagiologia de fluorescência NIR/ICG em tumores malignos na ginecologia (ISBN 978-3-89756-931-7)
2 Imboden et al., Surg. Oncol. 2015

VITOM® II ICG – Aplicação em casos de carcinoma de vulva

O VITOM® II ICG da KARL STORZ é uma excelente solução para o mapeamento dos gânglios sentinelas em casos de carcinoma de vulva. O VITOM® II ICG é um exoscópio que alia as vantagens da endoscopia e da microscopia e é utilizado com o mesmo sistema de câmera que é empregado também na endoscopia (Sistema IMAGE1 S NIR).

  • Com a visualização NIR através do VITOM® II ICG – em adição de tecnécio e azul patente – está disponível ao cirurgião um método simplificado de detecção e remoção seletiva dos gânglios sentinelas (SLN) em caso, p.ex., de carcinoma de vulva.
  • É possível integrar o VITOM® II ICG à área de trabalho do ginecologista com o auxílio de um braço articulado.

A mais nova geração de trocartes da KARL STORZ

A recém desenvolvida geração de trocartes reúne componentes reutilizáveis e descartáveis. Em consonância com a filosofia da KARL STORZ, as camisas e as punções de trocarte foram concebidas como componentes reutilizáveis. As vedações para válvula destinam-se ao uso descartável.

Características especiais:

  • Durante a colocação a mão mantém o trocarte seguro e firme graças ao formato ergonômico da punção de trocarte
  • Sistema de vedação consiste em uma peça descartável
  • Pouca fricção entre a vedação para válvula e o instrumento
  • Peso significativamente reduzido e bem distribuido graças à nova empunhadura de trocarte de plástico
  • Diferenciação fácil entre os tamanhos devido à codificação por cor
  • Modelos de 2,5 mm – 13,5 mm

Manipulador uterino de KECKSTEIN

Extraordinariamente versátil

O versátil manipulador uterino de KECKSTEIN torna as intervenções ginecológicas na pelve mais simples e mais seguras. A apresentação do campo de operação na histerectomia, mas também em operações de preservação de órgãos como, p. ex., endometriose, tanto a possibilidade de anteflexão e retroflexão, bem como a ponta discal e a campânula, apresentam melhorias significativas quando comparadas com os manipuladores comuns. Isso graças à possibilidade de anteflexão e retroflexão tanto da extremidade distal quanto da campânula. Insertes atraumáticos com diferentes configurações para intervenções oncológicas ou na área de medicina reprodutiva oferecem ao cirurgião possibilidades completamente novas.

  • Nova vedação reutilizável para a histerectomia laparoscópica total
  • Anteflexão e retroflexão da extremidade distal e da campânula
  • Insertes atraumáticos para intervenções conservadoras e oncológicas

SupraLoop – agora também bipolar

Para a histerectomia laparoscópica supracervical

Para além da conhecida alça unipolar SUPRALOOP, agora oferecemos também um modelo SUPRALOOP bipolar para a remoção do útero na histerectomia supracervical.

  • Não é necessário qualquer eletrodo neutro com SUPRALOOP bipolar
  • Alça disponível em dois tamanhos
  • Redução da duração da cirurgia graças à remoção rápida do útero
  • Redução de custos graças à empunhadura e ao tubo externo reutilizáveis