Navigation

NIR/ICG – A fluorescência de infravermelho próximo

Fluorescence Imaging

O seu auxiliar de orientação em tempo real, de aplicação diária

A identificação precoce e diferenciada de estruturas é uma necessidade na cirurgia endoscópica. Aqui, a técnica de imagiologia tem de substituir a visão aberta em falta no local. Além de uma imagem excelente, são desejáveis informações adicionais, que especificam a técnica cirúrgica. Estas informações são fornecidas pela imagiologia de fluorescência NIR/ICG, uma tecnologia OPAL1® da KARL STORZ.

Mediante o uso de indocianina verde (ICG), um corante de fluorescência de forma não radioativa, de baixo custo, pode ser usada luz com comprimentos de onda no infravermelho próximo (NIR), para tornar visíveis, por exemplo, estruturas anatômicas, a perfusão ou defeitos de perfusão, bem como o sistema linfático. Mediante uma elevada profundidade de penetração da luz NIR, a distribuição da ICG pode ser visualizada até uma profundidade de 10 mm abaixo da superfície dos tecidos. Também na cirurgia hepática, o sistema tem aplicação na visualização de metástases hepáticas ou tumores hepáticos primários.

De acordo com o interesse atual no assunto, somente em 2015 foram lançadas mais de 600 publicações sobre o tema ICG (banco de dados NCBI), a tecnologia OPAL1® para NIR/ICG continuará se adaptando continuamente aos requisitos do mercado. A KARL STORZ vê esta técnica de fluorescência como uma técnica padrão de imagiologia do futuro em cada sala de operação, devido à sua capacidade operacional diversificada e interdisciplinar.

Verde ou azul – Decida você mesmo!

A tecnologia OPAL1® para NIR/ICG com nova opção de coloração. A coloração preferida pode ser selecionada no IMAGE1 S™ antes ou durante o procedimento.

A imagiologia NIR/ICG em verde oferece uma fluorescência de forte intensidade com demarcação clara para o tecido circundante. Também consegue um ligeiro clareamento ótico do plano de fundo.*

A imagiologia NIR/ICG em azul fornece, comparativamente, uma representação mais equilibrada da fluorescência para os olhos, especialmente na área do fígado com forte circulação sanguínea. Assim, é evitada uma possível sobre-exposição do sinal em áreas de forte fluorescência.

* O modo de visualização SPECTRA A não está disponível com a coloração verde.

Comparação de coloração usando um exemplo de urologia (gânglios linfáticos fluorescentes)*

Luz branca padrão, fonte: Dr. Miguel Ramirez Backhaus, Fundación IVO, Valência, Espanha
Imagiologia NIR/ICG em verde, fonte: Dr. Miguel Ramirez Backhaus, Fundación IVO, Valência, Espanha
Imagiologia NIR/ICG em azul, fonte: Dr. Miguel Ramirez Backhaus, Fundación IVO, Valência, Espanha

*O estado de homologação dos corantes de fluorescência pode variar. Por favor, informe-se antecipadamente a esse respeito em seu hospital/país.

  • Qualidade de imagem
    Na maioria do tempo, você opera com luz branca. Para todas as aplicações de luz branca, disponibilizamos uma imagem FULL-HD nítida.
  • Segurança
    Nosso sistema funciona à base de xenônio. Não precisará se preocupar com medidas de proteção laser, como por exemplo óculos de proteção de laser ou responsáveis pela segurança de laser em sua sala de cirurgia.
  • Modularidade de nossa solução all-in-one
    Com base em nossa plataforma de câmera IMAGE1 S™, você obtém um sistema aplicável modular, que fornece compatibilidade com versões anteriores e posteriores, bem como sustentabilidade. Conforme seu desejo, pode expandir o sistema a qualquer momento e usar diferentes módulos, como por exemplo, componentes abertos e laparoscópicos, em paralelo com um sistema de câmera.
  • Qualidade germânica
    Como fornecedor de sistemas, a empresa combina sua experiência de muitos anos em endoscopia com soluções de software e a visualização brilhante daí resultante. Há muitos anos que nos empenhamos intensivamente em diferentes procedimentos de fluorescência, como, por exemplo, a imagiologia de fluorescência NIR/ICG.
  • Apoio virtual graças à SCENARA® .store
    A SCENARA® .STORE disponibiliza a você uma melhor orientação em sua documentação. Mediante opções de pré-visualização e navegação, com a SCENARA® .STORE você poderá encontrar e exibir, por exemplo, sequências de fluorescência para consultas com pacientes ou reuniões de equipe, sem ter de realizar pesquisas inconvenientes. Além disso, o software lhe oferece uma variedade de outras vantagens, como por exemplo a edição, corte, comparação e exportação de materiais de vídeo e imagem, bem como um arquivamento sem lacunas em sistemas de informação e arquivamento existentes.
  • Assistência
    A KARL STORZ representa seus produtos de qualidade e disponibiliza também uma assistência de primeira classe. Estamos lá para você, quando é preciso! Como fabricante internacional de endoscópios com largos anos de experiência, estamos representados a nível global e estamos sempre disponíveis para o ajudar, como seu parceiro de contato.

Visualização da circulação sanguínea

A avaliação da circulação sanguínea em diferentes especialidades médicas tem um papel importante. Com a tecnologia NIR/ICG e a administração de ICG, as áreas isquêmicas podem ser representadas de forma mais simples e eficiente, em tempo real, ou pode também ser verificada, por exemplo, a circulação sanguínea (perfusão) em anastomoses. Desta forma, o cirurgião pode atuar ativamente de forma intraoperatória.

Exemplos de aplicação:

  • Avaliação rápida da circulação sanguínea de uma área de resseção planejada, bem como da subsequente anastomose, por exemplo, em resseções do cólon1 ou do esôfago e bypass gástrico2
  • Avaliação da circulação sanguínea de cirurgias com enxertos em cirurgia aberta
  • Visualização dos segmentos hepáticos3
  • Utilização multidisciplinar em cirurgias laparoscópicas, cirurgias endoscópicas e em cirurgia aberta

 

1Koh et al., Fluorescent Angiography Used to Evaluate the Perfusion Status of Anastomosis in Laparoscopic Anterior Resection, 2016

2Boni et al., Clinical Applications of Indocyanine Green (ICG) Enhanced Fluorescence in Laparoscopic Surgery, 2015

3Diana M et al Superselective Intra-arterial Hepatic Injection of Indocyanine Green (ICG) for Fluorescence Image-guided Segmental Positive Staining: Experimental Proof of the Concept. 2017

Visualização da anatomia biliar

Devido à expulsão hepato-biliar, a ICG concentra-se na vesícula biliar e nos ductos biliares. Desse modo, a anatomia biliar pode ser identificada de forma rápida e segura, por exemplo, em caso de uma colecistectomia.

Exemplos de aplicação:

  • Tempos de cirurgia encurtados com ICG em comparação com colangiografias padrão1.  A distinção entre ducto cístico e ducto colédoco é facilitada2.
  • Representação de derrames biliares intraoperatórios com ICG, por exemplo, depois de uma resseção parcial do fígado

 

1Dip et al., Cost analysis and effectiveness comparing the routine use of intraoperative fluorescent cholangiography with fluoroscopic cholangiogram in patients undergoing laparoscopic cholecystectomy, 2014

2Boni et al., ICG-Enhanced Fluorescence-Guided Laparoscopic Surgery, Doctor-to-Doctor Manual ENDO-PRESS®, (ISBN 978-3-89756-934-8)


 

Visualização de carcinomas hepáticos e metástases hepáticas

Os tumores hepáticos primários são o sexto tipo de câncer mais frequente no mundo. As metástases hepáticas são até 20 vezes mais comuns do que os tumores hepáticos primários1. Para a cirurgia hepática, a tecnologia NIR/ICG, em conjunto com a ICG, oferece muitas vantagens.

  • Visualização intraoperatória de metástases e carcinomas hepáticos na superfície hepática ou por baixo da mesma2
  • Diagnóstico de micro-metástases superficiais ou pouco profundas, até à escala milimétrica3
  • Identificação facilitada dos limites de resseção4
  • Visualização dos segmentos hepáticos*

 

1Índices de câncer na Alemanha 2011/2012 (10.), Instituto Robert-Koch, Berlim

2Possível representação até um centímetro de profundidade pela ICG, dependendo da composição do tecido

3Tummers et al., First experience on laparoscopic near-infrared fluorescence imaging of hepatic uveal melanoma metastases using indocyanine green, 2014

4Boni et al., ICG-Enhanced Fluorescence-Guided Laparoscopic Surgery, Doctor-to-Doctor Manual ENDO-PRESS®, (ISBN 978-3-89756-934-8)

 

Visualização do sistema linfático

Em muitas intervenções oncológicas, a identificação segura do sistema linfático ou do gânglio linfático sentinela representa um desafio. Aqui, por meio da utilização da ICG*, todo o sistema linfático na área de saída do tumor pode ser representado visualmente, em tempo real, de forma intraoperatória. A utilização de processos de medicina nuclear é, assim, evitada.1

Exemplos de aplicação:

  • Método de visualização não radioativa dos gânglios linfáticos
  • Em comparação com os métodos estabelecidos da representação dos gânglios linfáticos, obtêm-se elevadas taxas de sucesso2
  • Detecção de derrames linfáticos3
  • Utilização multidisciplinar, por exemplo, em ginecologia, urologia e cirurgia geral

 

*O estado de homologação dos medicamentos pode variar. Por favor, informe-se antecipadamente a esse respeito em seu hospital/país.

1Papadia A. et al., ICG-Enhanced Fluorescence-Guided SLN Mapping in Gynecological Malignancies, Doctor-to-Doctor Manual ENDO-PRESS®, (ISBN 978-3-89756-932-4)

2Imboden et al., A Comparison of Radiocolloid and Indocyanine Green Fluorescence Imaging, Sentinel Lymph Node Mapping in Patients with Cervical Cancer Undergoing Laparoscopic Surgery, 2015

3Papadia A et al. Indocyanine Green Fluorescence Imaging in the Surgical Management of an Iatrogenic Lymphatic Fistula: Description of a Surgical Technique, 2015